Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


quarta-feira, 4 de abril de 2012

.

A terra leva-nos por terra;


mas tu, mar,
levas-nos pelo céu.

.

Poema: Juan Ramón Jiménez.
Arte: René Magritte.

.

24 comentários:

Tai Ribeiro disse...

Realmente! =*

Be Lins disse...

Tudo tão lindo,
como sempre, aliás, não?

Leo,
quero deixar-te um grande beijo
e desejar uma Páscoa feliz.

Beijo
Be

Liza Leal disse...

Oi Léo!
saudades daqui!...

Minha sintonia c o Mar é tão gde, q ultimamente, quase tudo q tenho lido, fala do Mar. Logo logo estarei lá. Amém!

bjo de luz
=)

RosaMaria disse...

Poema e imagem perfeitos!

Beijos!

Marcelo R. Rezende disse...

Que sutil. Delicioso.
Cada um sabe dos segredos de cada coisa na vida de cada qual, não?

lolipop disse...

Muito querido Leo,

De repente, parece um poema dedicado á Glorinha...
Mil ternuras e algumas lágrimas...perdidas na chuva

Alê disse...

Das coisas mais lindas que li hoje,


Maravilhosamente encantador,



Bjkas

Daniela disse...

Nas mãos do mar , nas mãos de Deus .

Bjuu =)

Juliana Skwara disse...

Que lindo! Amei o poema, simples e arrebatador *_*
Volte sempre, abraços :)

Richard disse...

... porque, dentre outras formas, no horizonte o seu azul de baixo encontra-se com o azul de cima...

JAN disse...

Lindo!
O mar nos leva, realmente, ao céu.

Feliz páscoa!

Abração
Jan

Pipa. A Pipa dos Ventos. disse...

É para aquela praia de areias incertas que o passado invariavelmente nos transporta. Quando voltar, a gente podia se ver no mar. Naquele tom azul-celeste que você tanto gosta.

Sabe para onde me levastes agora?



"A primeira vez que vi Teresa
Achei que ela tinha pernas estúpidas
Achei também que a cara parecia uma perna


Quando vi Teresa de novo
Achei que os olhos eram muito mais velhos que o resto do corpo
(Os olhos nasceram e ficaram dez anos esperando que o resto do corpo nascesse)


Da terceira vez não vi mais nada
Os céus se misturaram com a terra
E o espírito de Deus voltou a se mover sobre a face das águas."


Teresa, de Manuel Bandeira

Haydee Cerantola disse...

Que viagem encantadora através do seus posts, deliciosamente lambuzei-me de prazer e ternura na sua Poesia Imagem e na sua Poesia escrita.
Agora encantada te sigo...! bjs!

"Alma Exposta"
Poemas, Poetas e Poesias
http://haydeecerantola.blogspot.com

MJCorrea disse...

Desenhando meu itinerário
me venho aqui pra te ver
e me fico
embebida da tua sensibilidade
na qual me firmo
procurando desenhar um mundo melhor
Feliz páscoa.
Bjo

Aleatoriamente disse...

Olá querido Léo.
Vim viajar por este mar contigo.
Deixo um beijinho saudoso.

Fernanda

Mara Ribeiro disse...

Maravilhoso!
Bjo no coração.

Fernanda Curcio e Leonardo Macedo disse...

O mar é delírio, é metáfora decalcada sobre a terra.

Van disse...

Nossa! Fiquei chapada com este poema e esta imagem.

Me levou pelo céu.

Obrigada por isto, Leo!

Beijos

Julliany kotona disse...

Leo que lindo, tudo está um encanto adoro te ler está sempre perfeito tudo por aqui bjos de boa sexta!

A Escafandrista disse...

Mergulhando por aqui novamente. Bjs e bom final de semana!

Natália Rocha disse...

Nossa, que lindo, menino bonito!

Ando saudosa do mar, de tudo que me deixa mais próxima da infinitude, do céu.

Me arrancou um sorriso de orelha a orelha.

beijo!

Cαmilα ♥ disse...

Singelo e cheio de significado.
;*

Camila Márcia disse...

Entre o céu e o mar a linha é tênue meu bem...

Perfect!
Bjs.

Maíra Souza disse...

Lindo lindo... Sem contar a imagem né? =)