Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


domingo, 31 de julho de 2011

.



Nenhum homem é uma ilha, completa em si mesma;
todo homem é um pedaço do continente, uma parte
de terra firme. Se um torrão de terra for levado pelo
mar, a Europa fica menor, como se tivesse perdido
um promontório, ou perdido, ou perdido o solar de
um teu amigo, ou o teu próprio. A morte de qualquer
homem diminui a mim, porque na humanidade me
encontro envolvido; por isso, nunca mandes indagar
por quem os sinos dobram; eles dobram por ti.

.

Arte: Duy Huynh.
Poema: John Donne. Meditação 17.

.

29 comentários:

Leo disse...

Um pouco mais de John Donne, conhecido como o poeta metafísico e não é difícil entender o porquê. O amor como experiência suprema, sugere as conexões do poeta à outros aspectos da realidade...tudo pode ser usado para descrever um sentimento. seu imaginário varia de vulgar a sublime, de atividades diárias a teorias científicas, o poema de Donne pode ser sentido de várias maneiras. A sonoridade é muito distande da suavidade,a rima é secundária e no máximo ajuda a sublinhar suas idéias.

A "meditação 17" inspirou o título do romance 'Por quem os sinos dobram" de Ernest Hemingway.

Quem quiser ver mais poemas de Donne já publicados no blog, clique no marcador com o nome do poeta.

Camila Márcia disse...

Simplesmente profundo. Porque todos de alguma forma estamos conectados.

Bela postagem.

Alê disse...

É lindo demais esse trecho,

Já postei ele... 'os sinos dobram por Vc'


Leo: uma semana intensa pra Vc


Bjo enorme

Giovanna disse...

que fofo
beijos
likehappydream.blogspot.com

Sam. disse...

Léozinho... conheci Donne através desse trecho e desde então não parei mais de procurar e pesquisar suas obras...

postei ele nos dias daquela tragédia no Japão... qdo senti tão profunda aquela dor daquele povo...e com tanta gente morrendo, parece mesmo que a gente morre um pouco mais...

é lindo esse trecho, simplesmente lindo!!

Léo, tão grande sua sensibilidade...
vc é tão raro...

Um beijo, meu querido..

Michele Santti disse...

Linda, linda!

Ótima semana,
Um beijo


http://michelesantti.blogspot.com/2011/08/quando-o-amor-e-grande-demais.html

CUCA BOA disse...

é, demais mesmo...
de alguma forma estamos
todos ligados

smack
(nate)

Natália Rocha disse...

Que perfeito!
A nossa vida nada mais é do que uma combinação de outras. Sempre dependemos de alguém para sermos completos.

Adorei conhecer um pouco deste autor aqui, é incrível.

beeijo*

Que a sua semana seja de paz!

Liza Leal disse...

Maravilha de texto, Leo!
Lavo m/alma c/leituras assim.

bjim
.
LiZa

Alê disse...

Leooo


Adorei a sua frase, maravilhosa

Posta sim,


Bjkas

Winny Trindade disse...

É, eu gosto muito desse poema.

Abraço meu, Moço dos nossos segredos.

valquiria silveira disse...

Nesta vida conheci muitos amigos,mas esse blog realmente é um Sonho De Deus. Pois tem me dado amigos especiais. Amigo não é uma definição escrita ou falada,mas é o carinho o mimo de cada um sem dar,pedir nada. Obrigado pelos mimos,agradeço pelo carinho com o Sonhos De Deus. Gostaria muito de ti ver no feita poesia que é um pouco de mim se gostar me segue e comenta vou ficar muito feliz e vai me dar muito animo esta dificil não conseguir interagir com quem aprendi a amar a cada dia o feita poesia vai me colocar perto de vc ...Uma linda semana iluminada fica com papai do céu ! http://soueufeitapoesia.blogspot.com/

OceanoAzul.Sonhos disse...

Cada um compõem um pedaço do corpo da humanidade. O homem é parte de um todo composto, não só por si, mas essencialmente por todos os que rodeiam. Por isso tão importante o respeito pelo próximo.

Gosto muito de passar aqui.
Um abraço
oa.s

'Lara Mello disse...

É o poema preferido dá minha mãe, ela sempre diz: "Nenhum homem é uma ilha"
Amei! :)

C. disse...

Leozinho, que lindo isso!

E sim, somos uma ilha onde todos os oceanos vem banhar suas costas. Uns menos, outros mais...

Eu te sinto também um precursor do "voo livre" na blogosfera, acho por isso gosto tanto de você (falei isso pensando no comentário lindo que me deixou).

Schöne Grüße aus Wien! (quem vê pensa) rss

Ju Fuzetto disse...

Léo todos os trechos que vc posta são divinos, mas este em especial é um dos meus preferidos.

Vc é um querido. beijos

Vivian disse...

Olá,Léo!!

John Donne é um poeta interessante, tenho algumas poesias dele, e me fazem refletir, ele possuía uma maneira única de ver o amor e o mundo que o rodeava.Claro isso na minha opinião, não sou uma profunda conhecedora da obra dele. Mas conheço e admiro algumas!
Esta é tão profunda que instiga o pensamento. Tem acima de tudo um respeito pelo o outro, tem compaixão...é o que vejo!
beijos pra ti!!!

Karlinha Ferreira disse...

Olá!

Eu simplesmente amo esse fragmento...
Acho perfeito...
E Vc escolheu a dedo Leozinho!

Beijo grande!

Saudades....

Flor de Lótus disse...

Oi,Leo!Nossa saudades de vir aqui,minha vida anda tão corrida.
Já conhecia esses versos,mas sempre é muito toncate lê-los novamente. O problema é que a humanidade me parece um tanto desumana...
E com certeza todos somos um.
Um ótimo fim de semana!
Beijos

Van disse...

Já li este poema, achei lindo, e a afirmação: " eles (os sinos) dobram por ti" me soa como se nos desse uma certa soberania, mais envolta em responsabilidade do que poder. Esta frase é marcante demais e fica retumbando em nós.

Beijos, Leo!

Lívia Azzi disse...

Verdade, Leo!!

Estou com o livro de Hemingway nas mãos e esse poema de Jonh Donne é a epígrafe de "Por quem os sinos dobram".

Nós dois estamos em sintonia...

Beijos!

PS. Ainda não voltei a atualizar o blog, vim ver só você hoje, depois eu volto com calma.

Paula Cristina disse...

apareci, kkkkk'
obrigado pelo os votos de boa sorte,
acredito que esteja funcionando , está tudo em sintonia.
como sempre, belos poemas, está de parabéns.

beijão. =*

Alicia disse...

Genial, Leo.
És um exímio editor.

Dan disse...

Diga Leo
belo espaço aqui!!
Lhe seguindo
Me faça uma visita, ficarei feliz!
Grande abraço.

Déborah Arruda. disse...

Leo, que texto mais lindo!

Van disse...

Passadinha...
Para reler e deixar um beijinho!

Smaaaak!

Be Lins disse...

Sobre a falta:

é que certas pessoas entram no coração e tomam assento de tal forma que parece que se misturam às próprias células da gente,
algo tipo, "tamô junto", de todo jeito.

Você mora aqui.

Um beijo, querido Mago meu.


*

Maíra Souza disse...

"por quem os sinos dobram; eles dobram por ti." *_*

Lindo demais!
Ótima quinta Leo! =*

Carol Timm disse...

Levei esta Meditação para a Casa de Leitura... pensei muito sobre ela esta manhã. Espero que não se importe e citei seu blog vomo fonte, claro! :)

www.casadeleitura.blogspot.com

Bjs,
Carol