Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


domingo, 27 de janeiro de 2013






















Então para os outros sou aquele estranho que surpreendi no espelho:
Sou ele e não eu, tal como me conheço! Sou aquele estranho que, à
primeira vista, não reconheci. Aquele estranho que não posso ver viver a não ser assim, num instante inesperado. Um estranho que só os outros podem ver e conhecer.

.

Trecho:  Luigi Pirandello.
Arte: Maya Kulenovic, vidro.

.

6 comentários:

Leo disse...

"Maya Kulenovic, nasceu em 1975 em Sarajevo, atualmente trabalha e vive no Canadá. Sua técnica é inspirada em arte clássica com traçados semelhantes aos de Caravaggio e Rembrandt seu trabalho não tem intenção de ser decorativa, a arte de Kulenovic é expressiva e direta, e convida o espectador a participar emocionalmente, pois lida com sentidos como a tristeza, solidão e dor."

PS1: Aos visitantes e amigos de blog, por motivos pessoais informo que tem sido difícil postar no blog e retribui-los com a frequência que costumava, espero poder voltar em breve às atividades normais.

PS2: Procurem a página do blog no Facebook, para mais informações sobre os autores, artistas, frases, poemas e arte.

Liza Leal disse...

Oi Léo!
Já estava com saudades, viu!..
Desse estilo sensível e peculiar de postagem.

=)

Obs:
Não sei se lhe disse da gravação das músicas.. Estou enviando através da net, aos amigos. O hotmail chegou no limite, não posso mandar mais. rsrs
Vou tentar lhe enviar pelo send space, assim que souber cm funciona.

bjo de luz
.
LiZA

Daniela disse...

Talvez sejamos apenas um capricho de Deus .

Saudades daqui .
Um Beijo

John L.S. disse...

Isto é ótimo!

Bruna disse...

A arte é linda, eu fiquei abismada. Você, como sempre, tem um ótimo gosto.
Saudades de você.

Bruna disse...

A arte é linda, eu fiquei abismada. Você, como sempre, tem um ótimo gosto.
Saudades de você.