Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


sábado, 28 de maio de 2011

.

Ela teimou e enfrentou
O mundo
Se rodopiando ao som
Dos bandolins...

Como fosse um lar
Seu corpo a valsa triste
Iluminava e a noite
Caminhava assim

E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam a fada
Do meu botequim...




Valsando como valsa
Uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim

Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos Bandolins...

.

Letra: Oswaldo Montenegro, Bandolins.
Arte: Pablo Picasso, Three Dancers, 1925.

.

41 comentários:

Carina Rocha disse...

Completamente divino, gosto muito! Bjnhos de Portugal Léo =)

Sam. disse...

Leo, qdo li esse post foi inevitável não lembrar de Nietzsche qdo dizia: "E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música."

Voar sempre, cansa, por isso nós corremos em passos de dança..

Um beijooooo!

C. disse...

Ela parece alheia a tudo, inclusive à ele...
Sabe que sempre que ouco essa música penso numa morena meio espanhola com saia longa, sentindo toda a liberdade proporcionada, e tendo como companhia apenas a brisa?
Adorei a tela de Picasso!
Leozinho da boquita bonita, um ótimo começo de semana pro cê!

C. disse...

Leozinho, tu já foi no meu álbum de fotos ler o que eu e a Sam escrevemos sobre a sua foto?

Gisa disse...

Dançar, valsar, movimentar-se aos som dos bandolins me leva longe, muito longe...
Um grande bj querido amigo

Winny Trindade disse...

É linda demais... e é para mim!!!
*-*

Abraço forte, Moço dos nossos segredos!

Alê disse...

Adoro essa canção do Oswaldo,

Acho leve, uma delícia... Dá vontade sair flutuando na leveza da voz e dos acordes,


Um beijo

Giovanna disse...

que legal, adorei
beijos
likehappydream.blogspot.com

Liza Leal disse...

(cantando de cá...)

=)
Lindíssima!
bj, Leo

Lilian disse...

Bela canção.
Beijo.

Đeh Olliveira ♪ disse...

Sorria que fica bem em você ...

Que você saiba puxar lá do fundo do baú, o jeito de sorrir pros NÃOS da vida.

Ótima semana,
Doce Beijo.

MJ FALCÃO disse...

Tão bonito! E os bailarinos de Picasso estão certos...
Abraço do falcão

нєllєи Cαяoliиє disse...

"Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos Bandolins.."
e se ela se julgava,é porque de alguma forma sabia que era amada :)
Tão relaxante este poema!
Beijos,Querido.
Saudades de ti ;/

Cristiny* disse...

Teu post me faz lembrar dos meus voos e tudo o que veio junto...maravilhoso!
Saudades =)

RosaMaria disse...

Saudades de passar por aqui!

Adoro o Osvaldo, sábio poeta.

Beijos moço, se cuida.

Janaina Cruz disse...

“Se julgando amada ao som dos bandolins…”
Ah, Leo, eu amo essa canção, ela já foi meu toque de chamada de celular, e já embalou sonhos que só existiam na minha cabeça, só assim descobri que sonhos são tão nossos, tão nossos, que não adianta por nas mãos de ninguém para realizá-los, isso só resultará em frustação…

Bem, mas não estou aqui para falar de sonhos, ou de filosofias de uma mulher de peixes… rs

Estou aqui para visitar seu blog que é de muito bom gosto, e agradecer a sua amizade, o mundo precisa de mais amigos, para ver se a fraternidade floresce como tem de ser.

Nilson vez por outra encontra um tempinho para criar e postar poesias, e ele sempre ficou muito feliz em ver poesias dele em seu blog, dividindo espaço com poetas que ele adora…

Obrigada também por fazer parte dos amigos do blog de Kaká (Nátali), minha filha, acho que quando ela tiver a minha idade vai escrever infinitamente melhor que eu… rs

Os outros dois também escrevem mas não postam, é uma pena, porque fazem poesias sociais lindíssimas… Mas cada coisa ao seu tempo não é?

Fica aqui meu abraço fraterno, e meu desejo de que a felicidade seja sua companhia certa.

Lívia Azzi disse...

Adorei a arte, o poema e o comentário da Sam!

A dança é movimento, assim como o amor também o é.

Beijinhos...

Lívia Azzi disse...

Diverti lendo os comentários das meninas...

;-)

Tarsila Aroucha disse...

seu blog me fez querer ficar mais e me fez refletir muito, parabéns! boa semana

'Lara Mello disse...

.. E por fim ela dança! Gosto dessa música! :)

Vivian disse...

Bom dia,Leo!!

Esta letra é linda e riquíssima!!
As telas são simplesmente divinas!!!
Beijos pra ti!
*Pode pegar a poesia, sim!!!

Patrícia Vicensotti disse...

Tão plena e tão livre...

Um beijo no core,Leo!!!

Magic Exists disse...

muito foda!amei!

beijos
http://magic-exist.blogspot.com/

Magic Exists disse...

muito foda!amei!

beijos
http://magic-exist.blogspot.com/

Lily disse...

Leo,

Ah, esta música! Eu tinha 13, 14 anos, o Oswaldo Montenegro participou de um festival com ela e ganhou o mundo... e a mim. Música eterna. Letra e melodia ímpares! Composição perfeita!

Meu tempo de ausência concreta chegou. Mas, de vez em quando, passarei aqui, para sentir o teu espaço, o teu coração, para ouvir tuas palavras boas, doces...

Já sinto saudades...

Beijos, te cuida!

Suzana/LILY

Marcelo R. Rezende disse...

É um tesão essa música, dessas que a gente ouve se contorcendo na cadeira de vontade de dançar e beijar, a tela, o amor!

isabelsantana2011@hotmail.com disse...

Muito lindo o seu blog,parabéns.
Deixo o blog Belas Artes Médicas.
Abraço.

Sil disse...

Essa mexe com a gente !!!
Obrigada pela visita !!
Uma ótima quinta pra ti,
Bjs,
SIL

CUCA BOA disse...

Grande poeta oswaldo montenegro,
ótimo gosto esse seu eim leo,
Piacsso compondo a imagem...
tudo genial...
parabéns moçinho

meus bjs
(nate)

O meu pensamento viaja disse...

Leo, venho retribuir a visita e o que encontro?
Une valse à mille temps ... na voz de Jaques Brél!
Não conhecia esta dança ao som de bandolins.
Fiquei até comovida.
Volvere.
Beijos,
Nina

Daniela disse...

oi Leo , obrigada por me visitar ,
sempre venho aqui , mais nem sempre tenho o que dizer , ai prefiro só ler e absorver tudo !

Beijos - bom final de semnana :)

Tati Lemos disse...

Valsando na vida como se essa fosse somente um ensaio!


Beijos

Néia Lambert disse...

Essa música me agrada muito pela letra e melodia, além da maravilhosa interpretação de Oswaldo Montenegro.

Um abraço.

Juliana Lira disse...

Oi meu lindo!

Saudades de vc sempre... Meu amigo Príncipe, pintor de sonhos e viajante de cometas...
Tao bom é guardar vc no coraçao.

Milhoes de beijos

нєllєи Cαяoliиє disse...

"Nós somos do tecido de que são feitos os sonhos.
William Shakespeare."
eu li essa frase e lembrei de ti...sonhos te definem :)
Beijos,Querido!

Karlinha Ferreira disse...

Olá Léozinho!

Texto perfeito...

Vc é ímpar garoto...

Beijo grande e obg pelo carinho...
Desculpa a ausência, final de período é uma correria só.

Aleatoriamente disse...

Bom dia Leo!
Desculpa a demora moço, mas cá estou.
Para te dar um beijo, matar a saudade e dizer que és muito importante na minha amizade.

Lindo texto, já ouvi a música tocando é linda também.
Bela escolha moço!

Beijinho.
Fernanda

Pérola Anjos disse...

Enfrentar o mundo assim, coisa mais linda!

1 ano do Soltando Linhas.Obrigada por estares presente, enfeitando o meu espaço com o calor e a suavidade das tuas palavras.

Beijos, Leo querido!

z i r i s disse...

Nó!

Só nó!

Luana Lopes disse...

anjo q lindooo amo Oswaldo Montenegro!!!
Vc como sempre acertando em tudo, bjussss!

carmem di disse...

Sonhar é lindo e façamos isso com maior frequencia! Um beijom grande e que este cantinho continue a existir e encher tantos corações !! bjinhos .

"Se tu o desejas, podes voar, só tens de confiar muito em ti."