Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


sábado, 28 de agosto de 2010

.



O teu sentido depende do sentido dos outros, quer tu queiras quer não. O teu gosto depende do gosto dos outros, quer tu queiras ou quer não. O teu ato depende é movimento de um jogo. Não de uma dança. É eu mudar o jogo ou a dança e mudo o teu ato num outro.

Construíste as tuas muralhas por causa de um jogo, tu próprio as destruíras por causa de outro.

É que vives, não das coisas, mas do sentido das coisas.

Texto: Saint Exupéry
Arte: Paul Klee

.

26 comentários:

Leo disse...

Sobre a arte:

Chama-se "Revolução do viaduto", 1973.

Após ter sido incluído na lista de arte degenerada pelos nazistas,
este quadro é uma declaração de guerra do pintor suíço contra esses
que buscavam reprimir toda a individualidade na arte.

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Leo,
Faz sentido, fez sentido vir aqui...

Abraço mineiro,
Pedro Ramúcio.

Lívia Azzi disse...

Sim, há um jogo existencial que distorce a qualidade dos sentimentos e compromete a sensibilidade e a essência de viver(se é que isto exista).

Mas o "sentido" pode ser invertido da intenção para a reação!

Ah, os sentidos que permitimos aflorar: corpo, mente e emoções formam juntos uma sinergia que resplandece pura leveza e brilho da alma.

Um beijo!

Nini C . disse...

Isso éh verdade... Adorei o post, beijos...

Palavras Eternizadas em pingos de Luz! disse...

Transformador...

Michele P. disse...

Sempre tanta verdade nos textos de Saint Exupéry... Gostei de ler.
Bom FDS Léo!

Ana SS disse...

Genial!

Lilian disse...

Eu vivo do sentido das coisas.E dói tanto.Saudades.
Beijos.

Tata Mello disse...

Esta aqui um texto que me entristeceu, a felicidade que sinto não poderá depender da presença de outro e por mais romantico que isso lhe pareça, tende a ser desumano exigir isso!! Avante corações! Como poderia existir forma de amor mais bela que o "auto amor", afinal, o que é mais bonito do que amar e respeitar a única pessoa que é a única você poderá contar para todo o sempre.

Leo, te beijo

ErikaH Azzevedo disse...

O sentido as coisas somos nós que o damos, e tem muito a ver com o nosso olhar para, e tem os que olham no além mais epor consequinte agem tb no além mais e sentem tb no além mais. Acho que tu sabes bem o que te digo né...hehe

Eu gosto de vir aqui, pq daqui sempre levo alguma aprendizagem

Um beijo ao menino Léo.

Erikah

Erikah

Denise Portes disse...

Leo
Essas palavras dizem tanto que não tenho comentários para elas.
Muito lindo.
Beijo
Denise

Malu disse...

Que verdade , Leo !

" Construíste as tuas muralhas por causa de um jogo, tu próprio as destruíras por causa de outro."

Vivo a destruir e construir muralhas
por causa de outros e jogoss ...

Sempre bom te ver e ler .
BjO Giganteeeee .........

Juliana Lira disse...

Leooooo

Olá Príncipe

vim agradecer pelo carinho no dia do meu aniversário e por tudo o mais.

Você sabe que é um anjo e que eu te adoro?

Obrigada pelo ombro e por ter me deixado manchar tua blusa com minhas lágrimas.

Mas o mais importante...Obrigada por ser quem és.Vc deu um sentido todo NOVO a minha vida.

Quando trocar o estepe podemos fazer um novo TUR?

Saudades

Milhões de beijos

*Mi§§ §impatia* disse...

Leo meu lindo.... mega hiper super saudades.....como vc ta?
Muitos beijosssssssss em ti.

Ana Carolina Vingert disse...

Sabe demais sempre né senhor léo?
já agradeci ter me mandado o video mas agradeço de novo.

demais o trecho do exupéry...

Adoro aqui!
você sabe.

Winny Trindade disse...

Viver do sentido me parece ser o certo agora.

Boa semana.

Abraço meu.

Cáh disse...

Pq sempre depende, não?


Um doce beijo!

Ale Danyluk disse...

Ah Léo...
Fernando Pessoa já dizia que
Se os nossos sentidos fossem perfeitos, não precisávamos de inteligência; nem as ideias abstratas de nada nos serviriam. A imperfeição dos nossos sentidos faz com que não concordemos em absoluto sobre um objecto ou um fato do exterior. Nas ideias abstratas concordamos em absoluto.
Portanto tenho a tranquilidade em te dizer que em todas as vezes que passo por aqui você me eleva em pensamentos e o meu pensar por sí só acaba sendo aprimorado.
Demais ! E apesar da correria sempre arrumo um tempinho p/ passar por aqui
Ah.....sobre as imagens, também fica muito difícil comentar. Perfeitas!
Beijoooo
Ale

Vivian Mont'Alverne disse...

...E nós, quase sempre, mesmo cientes, continuamos...

Estou seguindo seu blog! :)

jefhcardoso disse...

Se parararmos para pensar, descobriremos que somos atravessados por sentimentos de pessoas que convivemos.

*Entre o sonho e a realidade eu prefiro a realidade que me permita sonhar. http://jefhcardoso.blogspot.com

Alice disse...

'É eu mudar o jogo ou a dança e mudo o teu ato num outro'

Incrivel como ele simplificou o ato de agirmos de acordo com o sentimento e atitudes da pessoa que amamos ou somos dependentes.

Beijos meus.

Schanderson disse...

Tem sentido...
Muito bom!!!

Malu disse...

Vim só deixar Carinho e BjO ...

Naia Mello disse...

Uma coisa depende da outra!

z i r i s disse...

Que dizer de tudo que foi dito por este homem? Gastei toda tinta...

Um Beijo grande Leo

z i r i s disse...
Este comentário foi removido pelo autor.