Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

.

Sonhamos juntos
juntos despertamos
o tempo faz e desfaz
enquanto isso

não lhe importam teus sonhos
nem meus sonhos
somos rudes
ou demasiado cuidadosos

pensamos que não cai
essa gaivota
cremos que é eterno
este exorcismo
que a batalha é nossa
ou de ninguém

juntos vivemos
sucumbimos juntos
mas essa destruição
é uma piada
um detalhe uma brisa
um vestígio
um abrir-se e fechar-se
o paraíso

já nossa intimidade
é tão grande
que a morte a esconde
em seu vazio
quero que me conte
o luto que te calas
de minha parte te ofereço
minha última confiança

estas só
estou só
mas às vezes
pode a solidão
ser
uma chama.

.

Poema: Mário Benedetti

.

24 comentários:

Alicia disse...

A solidão, as vezes, nos chama tb.

Mila Lopes disse...

Lindo poema Leo!
A solidão faz companhia, pra mim ela é inspiração...
Bjs
Mila

*Mi§§ §impatia* disse...

estas só
estou só
mas às vezes
pode a solidão
ser
uma chama.

Hummmm gostei desse final....pq sera? Saudades, beijos.

Elaine Castro. disse...

Ei Leo,
Aos poucos minha solidão anda flamejando, tudo é realmente questão de ponto de vista.
Estou vendo o "copo meio cheio", melhor né? Rsrsr

Mil beijinhos para vocÊ.

Michele P. disse...

"A solidão, às vezes, pode ser uma chama."

Perfeito! Sei bem como é isso...

Bjs, Léo

Karlinha Ferreira disse...

Texto perfeito...

Solidão boa é solidão dividida!

Beijo grande!

MariAne disse...

É na solidão que encontro o meu EU...

Winny Trindade disse...

Ah, eu escolhi tão bem o poema de hoje! =)

Abraço meu.

Yohana SanFer disse...

Não gosto da solidao como alternativa que faça bem...mas o texto em si é perfeito, adorei lê-lo aqui! Belo post moço!

Dave disse...

"Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão..."

Lívia Azzi disse...

Junta uma solidão à outra e o abismo fica ainda intenso.

Daniele Barizon disse...

Amigo,

Que a solidão seja apenas um percurso, um pedaço do caminho que nos conduza a quem nos deve completar...

Bjs!

lolipop disse...

A solidão está nas margens do amor como a realidade nos subúrbios da utopia...
Amei muito o poema.

Ternuras

Beijo, Leo!

Déborah Arruda. disse...

Lindo poema, Leo. Solidão às vezes pode ser companhia também.

Aleatoriamente disse...

Leo vim te abraçar do jeito que sei, com as palavras.
Esse poema me fez pensar nos sonhos, eles são bem preciosos, principalmente quando aprendemos a relaizá-los.
E no brilho nos olhos quando sonhamos.
A solidão é tudo se o coração deseja naquele momento.
Matei nossas saudades.

Beijo querido

Denise Portes disse...

Leozinho querido,
Nessa estrada que caminhamos juntos, muitas vezes nos encontramos acompanhados em nossa solidão. Sei que você está longe dos meus olhos e perto do meu coração. Lindo poema.
Um beijo
Denise

Maíra Souza disse...

Não querido.. Quem me dera.
Os textos postados em Longe como o meu querer são todos de autoria de Marina Colasanti. Adoro os textos dela! Tem falando um pouco dela lá no cantinho do blog. Depois dá uma olhada. ;)

BjO

LUZIA disse...

Lindo texto!

Bjos

Tati Lemos disse...

A sós, um preenchendo o vazio do outro!

Beijos menino!

Shuzy disse...

Poema bonito. Acho a solidão bonita tbm...
Sabe,
Eu não conhecia a música da The Chameleons, mas foi uma perfeita conexão com meu post de nome igual... Valeu a dica, eu gostei.

Fernand's disse...

a solidão é um renascimento às vezes. ô, se é!



=)

bjsmeus

Michele disse...

A solidão, algumas vezes, é a oportunidade que a vida nos dá para nos reencontrarmos!

Um beijo!

Elaine Castro. disse...

Oi Brother!!!

Tem dois selinhos para você em minha página destinada a estes mimos, espero que goste.

Beijão.

Naia Mello disse...

a solidão é o melhor momento para pensar no que está acontecendo com a gente, afinal as respostas moram aí.