Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

.

Sente-se diante da vitrola
E esqueça-se das vicissitudes da vida.



Na dura labuta de todos os dias
Não deve ninguém que se preze
Descuidar dos prazeres da alma.

Poema: Oswald de Andrade
Arte: Auguste Renoir

.

30 comentários:

Carol R. disse...

Ah... Eu amo esta pintura :)

Ana SS disse...

ótima poesia para uma sexta.
:)

Tatiane Lemos disse...

Muito bacana!

gabriela marques. disse...

Poderia tu, ou eu, ignorarmos os desejos de vossa alma? Nunca. A alma fala mais alto que qualquer razão.

Como disse a Ana, logo acima, mais uma poesia, e linda, para uma sexta.

Imenso beijo.
ótimo fim de semana.

Tassyane Américo disse...

"Não deve ninguém que se preze
Descuidar dos prazeres da alma."

Lindo!

Um beijão, Leo!

*Mi§§ §impatia* disse...

Hum, sábio Oswald, adoro demais....
Pois é, as vezes na correria do dia a dia acabamos esquecendo das coisas que nos dá prazer e deixamos pra lá.....um grande erro......
Bom fim de semana, beijos.

Lívia Azzi disse...

Sentei e contemplei poesia e pintura!

Esqueci-me por uns instantes das vicissitudes da vida...

Vir aqui é um ócio criativo, Leo querido!

Ps. não respondi o e-mail pq não conseguimos ir... acho que vou perder o prazo da peça :-( ... ao menos a KK é "permanente"... haverá outra oportunidade e vamos combinar com mais antecedência.

Beijos, beijos e um excelente final de semana!

Winny Trindade disse...

E eu tento. O certo é nunca descuidar!

Abraço meu.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

As palavras são memórias, poeta.
E memórias o vento não leva.

Lia Araújo disse...

Tenho que lembrar disso no fim de semana!

bjos querido

add, viu?
só aceitar

Patrícia Vicensotti disse...

Um conselho...
Exatamente ISSO que eu precisava "ouvir" hoje.
Caramba,Leo...acertou em cheio em mim,teu post.

P.S: já emendei teu sorriso *---*

Obrigada por ser tão querido.
Um abraço :)

Liza Leal disse...

LIndo post!
LIndo dia pra vc, querido!

bj
.
LiZZa

Pamela Araújo disse...

'Na dura labuta de todos os dias
Não deve ninguém que se preze
Descuidar dos prazeres da alma.'
Devo me lembrar disso todos os dias!
Anda sumido, como vc está?
=*

Érica disse...

... senão a vida deixa de existir e permanecemos somente na labuta, profundo cansaço e insatisfação.

ótimo casamento de texto e imagem! como sempre, aliás...

super beijO
ótimo fim de semana!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Que bonito teu blog...chique, discreto e, ao mesmo tempo, grita coisas dentro da alma da gente.

Janaina Cruz disse...

Pronto Leo, é isso que vou fazer, e vou fazer mais, colocar o som no mais alto volume...rsrs
Hoje quero ver a casa cair!!! Aff!
Um ótimo final de semana pra ti querido.

Aleatoriamente disse...

Oi Leo.
Chegando e lendo esse belo texto!
Que bom esse cherinho de poesia, que abraça forte a dureza das coisas que surgem.
Mas concordo com Érica e a bola da vez é essa.A menina disse tudo.

Beijinho.
Fernanda.

Lily disse...

Leo,

A minha mãe me ensinou isso, e, lá, lá na família dela, todos sempre gostaram de piano, de música. Teu post me levou até aquele passado, tão bom, tão feliz... mas o tempo foi passando e cada um foi tomando rumos diversos. Fica a lembrança.

É preciso afrouxar a alma, não é?

Beijos!

Marinha disse...

Lindo!!!
Esquecer-se dos prazeres da alma é insistir em vestir uma roupa vazia de gente.
Bjoo

Pérola Anjos disse...

Afinal são eles, os prazeres da alma, que nos fazem suportar a labuta dos dias, o peso da vida, que se faz leve e livre...

Leo, você tem uma estrela de sete pontas por dentro, que reluz e reflete em tudo o que fazes e em tudo o que dizes e no que és. Preciosidade foi encontrar você por estes ares.

Beijos, querido!

ErikaH Azzevedo disse...

E a musica eleva, acarrinha, dignifica néléo...suaviza e pereniza esses momentos...>Adorei o post, a pintura é linda.

Bjinhos ao menino sonho.

Erikah

Canteiro Pessoal disse...

Irresistível

Abraços

Priscila Cáliga

Naia Mello disse...

sempre deve manter a alegria em meio as dificuldades!

Cris R. disse...

simplemente lindo!!!

Naia Mello disse...

tem um desafio para você no meu blog

Maíra Souza disse...

Oi!
Passando pra dizer que te indiquei num jogo que tem lá no meu blog. =)
BjO

†METAMORFOSE AMBULANTE† disse...

FATO >>> Sem sombras de duvida, generalizando ação exercida, escutar aquilo que gosta auxilia demasiadamente em diversos setores mentais, sentimentais entre outros! Não deve ninguém que se preze, descuidar dos prazeres da alma! <<< FATO

so sad disse...

poesia com Renoir... belo!

beijo!

Pink disse...

Bela escolha.Poesia encantadora e imagem linda.

Bjs

Marinha disse...

Voltei para avisar que tem desejo de ano novo lá no blog, Leo.
Uma semana cheia de poesias pra ti.
Bjooo