Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


quinta-feira, 17 de março de 2011

.

Lua
morta


Rua
torta

Tua
porta

.

Poema: Cassiano Ricardo, Serenata Sintética.
Arte: Tarsila do Amaral, Lua.

.

46 comentários:

Winny Trindade disse...

O simples é o bonito...

Nossa rua torta...
Nossa porta.

Abraço meu.

Ana SS disse...

Eu, morta.

Elaine Castro. disse...

Engraçado como as palavras são imensamentes significativas, em apenas quatro delas quanta coisa a dizer...

Beijos maninho.

Lia Araújo disse...

Porta fechada...

bjos querido... E como anda o sol de sampa?

C. disse...

...
"Nao estacione".
...

para fechar o poema.

E quanta vida e cor pulsando forte nessa tela de Tarsila. Talvez seja por isso que a arte compensa.

Bela escolha, mais uma vez ;)

E.A. disse...

Nem embriagado precisa estar.
:)
Abraço.

Néia Lambert disse...

Poucas palavras também falam.

Beijo

Michele P. disse...

Léo

Morro de vontade de concluir uma interpretação a respeito deste poema/haicai.

Cada vez que leio, percebo outras ideias veladas.

Um abraço e um afago! :)

Dave disse...

Menos é mais...

Kiro Menezes disse...

Inevitavelmente, se volta!

^_^•

R.B.Côvo disse...

O segredo do gênio está em ser simples. Abraço.

Hospicio da tia Luh -- By Pri disse...

leooooooooooooooooooooo adoreeei... coiso lindo!! cuide-se

'Lara Mello disse...

Imagem linda... Apaixona por arte.. hihi.. Bju

C. disse...

Então... veja o que sofro, tenho que encarar o nominativo, o acusativo, o dativo e o genitivo (exatamente nessa ordem, lembra?), e acho depois disso ia me reeducar, mas que nada!

Também adoro tuas visitas... convido a fazer um áudio também visse!
,

Lily disse...

Leo,

Pelo visto, o poema diz que acabou o amor. Fim. Ficou torto.

Beijos.

Suzana/LILY

Karlinha Ferreira disse...

Há que nunca tenha enxergado as coisas assim?

Beijo grande!

nacasadorau disse...

Lua cheia em Portugal, imagem linda!
Tela perfeita em poema entendível.

Beijinho

O sol aquece
e legitima a indiferença
pela ordem estabelecida,
a exuberância do gesto
no decote descaído,
na saia arregaçada até à cintura
no pé nu
descalço na areia.
Extracto de poema de Maria José Areal.

Bfs

lolipop disse...

Leo...
Sabia que amanhã vamos ter aqui a maior lua-cheia dos últimos 18 anos??

Amei a sonoridade e a métrica do poema...

Beijo grande

Marcelo R. Rezende disse...

Poema e imagem, casaram lindamente.

Beijo.

Liza Leal disse...

Humm! Nunca pensei numa lua morta.
Mas posso imaginar o sentido de quem o escreveu...

bjo, lindo Leo!
=)

Alicia disse...

Pulsa
a minha aorta.

Lívia Azzi disse...

Eu vi a lua hoje,
encantadora
a Loli me avisou...

-----------------------------

A morte de um amor
é como uma lua nova.

Carinhos e beijos,
querido Leo!

Gisa disse...

Lua, Tarsila e Cassiano Ricardo, bela união. Gostei do blog e fico. Obrigada pela visita e volte sempre que quiser.
Um grande bj querido amigo

Tati Lemos disse...

Nossa Horta.

Beijão Leo, saudades

Suzi Montenegro disse...

.

Leozinho®

Ressuscita essa lua,
desentorta essa rua,
escancara tuas portas...

porque eu CHEGUEI!!! rsrs

Brincadeiras à parte;
Você consegue desencavar preciosidades. Lindo esse haicai!

Não conhecia esse Cassiano Ricardo, já até pesquisei sua obra e me ficou mais uma sugestão de leitura.

Já chega, né, Leozinho! Você bem sabe quanta coisa tenho para ler e ainda fica aumentando minha lista. rsrs


Beijo grande!

Um lindo domingo pra ti.

Te deixo um trecho do próprio Cassiano Ricardo:


"a esfera
em torno de si mesma
me ensina a espera
a espera me ensina
a esperança
a esperança me ensina
uma nova espera a nova
espera me ensina
de novo a esperança
na esfera"


PS: Tenho novidade boa. rsrs

Tangerina disse...

toc toc. (?)


"até a lua ida e volta. ida e volta."


abreijo em você.

ps: respondendo à sua pergunta: falta um outro ser. porque é a única coisa que me falta acontecer (e isso já está pronto faz tempo). =)

Marília Felix disse...

Oi Léo! Você como sempre usa das mais simples palavras, porém não deixa de nos tocar! Simples e ao mesmo tempo sofisticadas! =)

P.S.: Vc tava sumido heim? rs
Beijos!

Marília Felix disse...

Sim, tinha esquecido: Há algumas semanas que eu deixei um presente pra voce lá no meu espaço. Mas acho que voce não viu! =/

=*

Lilian disse...

Chegamos ao lugar certo.
Beijo meu anjo.

Yohana SanFer disse...

Lindo é vir aqui e sempre encontrar arte e bom gosto...bjs, obrigada pelo carinho com meus escritos/blog, seja sempre bem vindo Leo... :)

onzepalavras.com disse...

Quando ouvi esse poema pela primeira vez, fiquei transtornada e tive vertigens.

Ah! Pelo menos a voz é feliz. Não são as melhores vozes, as que cantam o blues?

Beijos e bom fim de domingo (com frio, finalmente).

Ana

Giovanna Cóppola disse...

Bonito. :)

Denise Portes disse...

Essas palavras me tocaram de forma triste e bonita.
Um beijo
Denise

Daniele Barizon disse...

Tanto significado em tão poucas palavras... quem sabe, simplesmente sabe.

Bjs!

Fernand's disse...

boca morta.

Marília Felix disse...

Menino você quer me matar com seus coments, é? rsrs.
Um mais lindo que o outro...

Quanto ao presente, é de coração! Assim como o P. Príncipe, eu sorrio todas as vezes que venho aqui. E sinto-me única, por ter tua amzade cativada e "estrelas que sabem rir!"

Beijos gigantes pra ti!

=*

My disse...

Amei seu espaço...
Seguindo e perseguindo!
Adoraria te ver lá no meu:
http://cronicasdeanjos.blogspot.com/
bjs

Aleatoriamente disse...

Impulsiona-me a seguirnessa rota.
Leo menino lindo, passando para te deixar um beijo.

Fernanda

Flor de Lótus disse...

Ah a lua, tão linda, tão cheia de vida a iluminar os passos dos amantes...
Beijos

Manuella Monte Santo disse...

Gostei dessa mistura de imagens e palavras, casou perfeitamente.


Abraço.

Tati disse...

Leo,
Fico encantada sempre que venho aqui. Você tem um bom gosto fora de série e como consegue fazer poucas palavras e uma unica imagem se casarem. Vontade de ir pra LUA de mel junto!
Beijos meu querido..

Naia Mello disse...

Quando a gente está triste tudo fica mais torto e confuso.

Patrícia Vicensotti disse...

Espera.

=D

Patrícia Vicensotti disse...

Espera.

=D

Alê disse...

Adorei!!!

lela souza disse...

poesia da melhor qualidade.. muito bom gosto.. :)