Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


quinta-feira, 24 de março de 2011

.

Eu te gosto, você me gosta
desde tempos imemoriais.



Mas depois de mil peripécias,
eu, herói da Paramount,
te abraço, beijo e casamos.

.

Poema: Drummond de Andrade. Balada do amor.
Fotografia: Robert Doisneau, Hôtel de Ville.

.

25 comentários:

Suzi disse...

.


Hummm... até já sei pra quem foi essa (in)direta. rsrsrs


Te beijo, Leozinho!


\o/ \o/ \o/



.

Walquiria disse...

Leo, a gente vai se encontrar em algum ponto. No começo, meio ou fim. (Lembra?)


Casamos...


Bjs doces meu anjo

Karlinha Ferreira disse...

Bom dia Lozinho!

Belo texto...
Apesar do final ser simplista, mas para alguns casar talvesz seja um modo de mostrar o ápice do amor, e não uma moda a ser seguida, penso que depois de tudo, essa foi a forma de eternizar o "amor" entre eles.

Beijo grande!

Finalmente sexta! \0/

Marcelo R. Rezende disse...

Essa foto é o resumo do que é o amor, pra mim. Ele leva ela, protege, beija, acarinha. É muito linda.


Beijo, Leo.

Winny Trindade disse...

Tão lindo!!
Profundo...
Que sempre possa haver o gostar mútuo.

Abraço meu, Moço dos segredos.

Néia Lambert disse...

Absolutamente romântico! gostei muito.

Beijos

Manuella Monte Santo disse...

Simples. Belo. Casou perfeitamente com imagem novamente.

Uma braço.

Kiro Menezes disse...

Nossa Leo!

In - direta ou não! é apaixonante!!!

^_^•

Amei ♥

Elaine Castro. disse...

Hummm,
E não é que meu "maninho" está romântico hoje!!!
Será isso só inspiração ou existem motivos ocultos, rsrsrsrsr.
Adoro Drummond e como sempre a imagem 'casou' muito bem com a poesia.

Beijinhos.

C. disse...

Independente do texto ter sido uma " inspiração oculta" ou nao, sao nas entrelinhas que temos a enorme possibilidade de escancarar nossos mais profundos sentimentos. E nao precisa nem terminar com casamento hehe

Tua presença é valiosa Leo, beijinho#

Aleatoriamente disse...

Menino você é cheio de boniteza, lá dentro da alma e fora dela.
E reflete tudo como brilho de sol.
Adoro você Leo.
E também Drummond.

Beijo querido
Fernanda

lolipop disse...

Leo,
Essa famosa foto de Doisneau é a pura paixão intemporal.
O beijo no seu melhor...sem amanhãs de branco...
Escolha perfeita do poema!

BEIJOOOO

'Lara Mello disse...

Conheço esse poema, amo Carlos Drummond! E é um final lindo!! Rs

Sorte, menino, doce, lindo, Léo!

Naia Mello disse...

E assim só é o começo do amor.

Flor de Lótus disse...

Oi,Leo!Que lindo!!!
Para se ter um amor de verdade é preciso mil e uma peripécias...
Beijosss

Marília Felix disse...

Existem pessoas que gostamos imemoravelmente! xD

És uma delas!!!

Léo ~> Sempre me cativando! *-*
É tão bom bom ter você perto. Muito bom seus post's. Ótimo gosto! =)


beijos!
=*

Sônia Cristina disse...

Lindissimo seu Blog Leo, voltarei com tempo para ver tudo por aqui.

A caricatura ficou linda!

bj

Juci Barros disse...

Ah Drummond!

Beijos.

Fernand's disse...

nem que seja em sonho...



lindo, leo.

Giovanna Cóppola disse...

Essa fotografia, ahhhh, essa fotografia! Coisa mais linda!

Alicia disse...

quase feliz pra sempre!

Denise Portes disse...

Leo,
Por isso a gente fica aqui se derretendo pra você, que posta esse romantismo em versos. Lindo!
Um beijo
Denise

Lívia Azzi disse...

Drummond só poderia ter sido mineiro para amar tanto assim!

Beijos e carinhos...

;-)

Patrícia Vicensotti disse...

Destino :)

Reginaluz disse...

E essas suas imagens...bem colhidas,aff que blog inspirador de tão lindo...seguindo tu...
posso apresenatar tb o meu?
http://vilarejodesinha.blogspot.com.br/

gracias!