Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


terça-feira, 25 de maio de 2010




Há tanta dor nesse jogo de procurar um parceiro, de testar,
tentar. E a gente se dá conta subitamente de ter esquecido
que era só um jogo, e vai embora chorando. -

Texto: Sylvia Plath
Ilustração por: Adelle Maedchen

.

8 comentários:

Leo disse...

23 de Julho de 1950 - Diário.

Noe* disse...

Gosto muito de Saint Exupéry!
Seu blog é ótimo ;)
Estou seguindo

Bjks =*

Noe* disse...

E pelo visto vc gosta bastante, né?
rs
Adorei ver frases e desenhos do PP aqui ^^

"- Vem brincar comigo, propôs o principezinho. Estou tão triste
- Eu não posso brincar contigo, disse a raposa. Não me cativaram ainda."

Adoro, adoro o livro! É lindo e passa ótima lição ^^

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

"Mas a vontade é te convidar pra sair por aí ... brincar de tobogã no arco-íris qualquer coisa assim: você topa?" [ele, o Caio]



O Leo não é um sonhador não.
O Leo, é o Sonhador.


Te beijo. Me beijas.

Gabii Assis disse...

Léo, seu blog é encantador, na procura que tenho feito por blogs que se pareçam comigo, esse é um dos que mais me identifiquei... simples e, ao mesmo tempo, com um pouco de tudo.....
te seguindo ;*

Ameno disse...

Leo, seu blog está muito bonito. Me identifiquei muito com isso:

"Há tanta dor nesse jogo de procurar um parceiro, de testar, tentar. E a gente se dá conta subitamente de ter esquecido que era só um jogo, e vai embora chorando..."

É pura verdade...

Abraços,
Ameno

Juliana Lira disse...

O Vinícius de Moraes na minha crônica favorita fala assim:

"...É um tal milagre encontrar, nesse infinito labirinto de desenganos amorosos, o ser verdadeiramente amado…"

Sei o que é jogar, apostar e sair dolorido.
Acho que o problema é que jogamos com o coração, não é melhor jogar uno, ou gamão? rs

Milhões de beijos

Cássinha disse...

Que triste! Mas é verdade!
Tá lindo aqui!
Bjos!