Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


sexta-feira, 21 de maio de 2010

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança,
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.



Continuamente vemos novidades,
diferentes em tudo da esperança,
do mal ficam as mágoas na lembrança,
e do bem (se algum houve), as saudades.

Camões
Imagem: Dalí

9 comentários:

Pipa. A que ama. disse...

Meu querido Leo.

Seu post me trouxe a lembrança de um tempo atrás.


"Meu Deus,meus ossos estão se soltando da carne. Deve ser de tanto eu me cortar nos cacos das minhas lembranças."


Eu espero dias de sol.
Mas tenho vivido dias de chuva.



Um beijo

- gabriela. disse...

um dos românticos esquecidos por aí, né? hihihi!
da gosto de ver!

ô, imagina! acabei de criá-lo, muito obrigada, viu?

um beijo, liiindo post!

Camila Chaves, disse...

Se há alguma saudade é sinal de que tudo valeu a pena!
Beijos, Léo.

Denise Portes disse...

Eu acho que esse é o colorido da vida!
Lindo Leo.
Beijo
Denise

Juliana Lira disse...

Saudades Pequeno Príncipe...

Milhões de beijos

ErikaH Azzevedo disse...

E que sobre sempre esta nostalgia dos momentos ...são as saudades que fazem os instantes preciosos perenizar no tempo né...onde no hj fazemos do momento esse tempo pra novamente sentir...saudades que nos fazem sorrir.

Bjos menino!

Erikah

Gilson disse...

Grande Leo, só as coisas boas nos dão saudades, as ruins enterramos e seguimos em frente porque viver ainda é o melhor negócio.

Abs

Lai Paiva disse...

Leo, lindo, acolhedor, convidativo este teu espaço. Gostei tanto!!!! = )

Lívia Azzi disse...

Você selecionou os dois quartetos que eu mais gosto neste soneto, sinto que assim o poema fica mais bonito.

E que arte expressiva essa de Dalí!

Beijos querido Leo!

Adoro-te!!