Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


quarta-feira, 28 de julho de 2010

.

A boca,
onde o fogo
de um verão
muito antigo
cintila.



O que pode uma boca
esperar
senão outra boca?

Poema: Eugénio de Andrade
Arte: Edvard Munch

.
.

18 comentários:

Suzi disse...

.

Hummm... delícia!

Lindo, Leozinho!


Ganhaste um sorriso e um beijo.


.
.

Sil.. disse...

O que pode uma boca
esperar
senão outra boca?


Perfeitooooooooooooooooo!!!!!

Leo, um abraço forte.

Lia Araújo disse...

O que pode uma boca
esperar
senão outra boca?
A boca amada!

lindo Leo!

bjs querido

Sil.. disse...

Leo, se tu quiser dar uma olhada no blog do Eduardo Baszczyn:


http://coisasdagaveta.blogspot.com/

Beijooooooooooooooooo

Alice disse...

Imagem e Poema Perfeitos!

Te beijo com carinho.

Lilian disse...

E não é?
Beijos!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

uma boca que se faz em outra...

Denise Portes disse...

Se os olhos são o espelho da alma, a boca é a entrega da alma.
Beijo Leo querido, eu também adoro aqui, a a sua poesia, o seu carinho e esse coração que me sorri.
Beijo
Denise

JB disse...

Passei por aqui e gostei do que li e vi. P. Príncipe (com o qual também fiz a abertura do meu blogue), a raposa (adoro animais), estrelas (misteriosas e sempre amigas da poesia), bolas de sabão (alvo de uma poesia minha também), flores, chuva... Imenso para ficar.

Voltarei porque, para além de tudo, a escrita "cativou-me"! :)

Abraço

Juliana Lira disse...

Leo, Leo, Leo

Voltei!!! rsrsrs

Meu lindo amigo que amoooooo! O que pode outra boca esperar? Chocolate?rsrsrs

Cheia de saudades de vc

Milhões de beijos

Karine Melo disse...

Lindo, lindo demais!

Beijos, Leo :*

ErikaH Azzevedo disse...

ô Léo, essa postagem me fez lembrar um outro , do mesmo autor, que diz assim:

A Claridade. A claridade coroa-se de cinza, eu sei: é sempre a tremer que levo o sol à boca.

Eugênio de Andrade

A paixão é sempre um fogo , e há sempre um medo eminente e gostoso no pegar-se apaixonado né...

Um beijo ao menino,

Erikah

ErikaH Azzevedo disse...

vim comentar teu post com uma imagem agora léo.

http://s3.amazonaws.com/data.tumblr.com/tumblr_l0walnq5b31qbcp44o1_1280.jpg?AWSAccessKeyId=0RYTHV9YYQ4W5Q3HQMG2&Expires=1280516605&Signature=rfUtFriVwNB0OH2edwnY1UMTKoU%3D

copia e cola no navegador...hehe

Bjo

LIANA PAULUKA disse...

Uma boca não espera nada senão outra boca, obvio e lindo.

;)

gabriela marques. disse...

Pura verdade. Maior ato de amor que esperamos da pessoa que amamos é um beijo!

Má Salvatori disse...

Oi, Leo!
Lindo seu espaço...

Aconchegante, agradável, carinhoso, carismático... isso que senti!

Ficando... e fazendo uma referência
ao seu post, deixo-te com carinho, um poema que amo...


Colada à tua boca a minha desordem.
O meu vasto querer.
O incompossível se fazendo ordem.
Colada à tua boca, mas
escomedida
Árdua
Construtor de ilusões examino-te
ôfrega
Como se fosses morrer colado à
minha boca.
Como se fosse nascer
E tu fosses o dia magnânimo
Eu te sorvo extremada à luz do
amanhecer.

Hilda Hilst


Maravilhoso final de semana

Um beijo!

Grasi disse...

É o que se pode esperar...
Bjão Leo, e uma sexta super iluminada.

Ziris disse...

Eugénio! Deus que saudades...

Viste porque gosto daqui? Voltei no tempo... Faculdade... Sonhos, descobertas...

Lembra deste?

"É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas, é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras"


Obrigada por me levar pra passear... Ele é ótimo. não vou esquecer mais...

Abraço dos grandes...