Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


quinta-feira, 28 de outubro de 2010

.

Crepúsculo e morte. Morte e beijos.
Beijos dos quais resultam nascimentos.




Consequentemente, morte para outra geração
de observadores de crepúsculos.

Texto: Aldous Huxley
Arte: René Magritte

.

30 comentários:

*Mi§§ §impatia* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu (Pri) disse...

Leooo é a vida... bjos querido bgado por mais uma visita! adoro tu

†METAMORFOSE AMBULANTE† disse...

Muito bom esse texto, e foi feito pelo escritor que inspirou no nome da Banda que mais gosto, o The Doors, pois esta se baseou no nome devido o livro As Portas da Percepção, espero que outrora leia seus livros, bom post!

†METAMORFOSE AMBULANTE† disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angélica Lins disse...

Você tem razão querido, a frase tem tudo a ver :

"Essa morte constante das coisas é o que mais dói"

Leo disse...

Pois é, meu caro amigo Metamorfo, bem lembrado!

Não podemos esquecer também da grande obra: "Admirável mundo novo" não estamos nada longe do que ele previu.

Um Abraço!

Ju Fuzetto disse...

A morte sempre apaga o laço da vida. Para morrer nem é preciso fechar os olhos. Tem muitos mortos vivos andando por aí.

Fantástico.

Adoro suas visitas. Obrigada pelo carinho viu!!

Fique com Deus. bom final de semana!!

bjo

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Se os olhos são as janelas.
Arrisco que a boca seja a porta da alma.

Minha boca se entreabria medrosa.
Enquanto a da outro ria numa ironia assassina.

Será que devo tentar outra porta?


Te abraço com amor.

Sil.. disse...

"Essa morte constante das coisas é o que mais dói"

Tão profundo isso né Leo?!

Beijooooo procê, menino querido!

Winny Trindade disse...

Então que seja aurora e um beijo.

Abraço meu, Doce leo.

Nini C . disse...

Muito lindo.
Otimo final de semana pra voc amigo, beijos...

Mariane disse...

Morte, vida...
questões, incognitas ao redor

Certezas... quando a temos??
Escolho então o beijo,
este é certeiro...

Reflexões do agora!

onzepalavras.com disse...

Adoro Magritte. É um dos artistas que mais uso no meu blog, para traduzir em imagens as palavras que escrevo.

Especificamente essa pintura, Os Amantes, eu usei em um texto chamado Gêmea Minha.

Voltarei mais vezes ao seu espaço. Absoluta certeza.

Ana

Pamela Araújo disse...

Hum..
É o que eu cotumo dizer, a vida é um ciclo, tudo acaba diferentemente se repetindo, primavera, inverno, mortes, nascimentos, risos e lágrimas.
Beijos

Lívia Azzi disse...

Somos como bolhas de sabão.

E hoje parece que está sem vento...

Um beijo, Leo!

Flor de Lótus disse...

A vida e os seus ciclos...A única certeza que temos na vida é que um dia morreremos a duvida é o que fazer até lá.
Beijos

'Lara Mello disse...

Gostei do texto..Gostei da foto..Gosto daquii..Bju!

Lu disse...

"Beijos dos quais resultam nascimentos".

Sei bem porque sempre sou mais atraída pelas palavras/frases/partes do todo que pareçam vir a resultar em coletivo.

Que tudo de bom surja dos beijos!

Érica disse...

Oi! Td bem?
Passando rapidinho pra desejar um ótimo feriado.

bjãO

Karine Melo disse...

E assim é a realidade, morte e vida, oscilando cada vez mais nas emoções.

Leozinho, que saudades daqui!

Enorme beijo, querido :*

Franck disse...

Adoro apreciar o crepusculo à beira mar, o que talvez goste da sensação de que amanhã poderemos ser diferentes, no amanhecer...
Um bom fim de semana!

Lily disse...

Passei para dizer saudades... tirei a noite para visitar os amigos.

Vou terminar essa noite nesse beijo. Que amanhã eu veja nascimentos.

Beijos de vida para ti.

Silviah Carvalho disse...

Tem um selo de presente pra você em meu blog

umcoracaoqueama.blogspot.com

Naia Mello disse...

a morte é tão natural quanto o nascimento.

Denise Portes disse...

É neste morrer e neste renascer que a gente vai tentando aprender e manter o amor no coração.
Beijo meu querido.
Denise

Lai Paiva disse...

Assim é o nosso viver, Leo. Bj

Tatiane Lemos disse...

Nossa Leo, onde você encontrou isso!

Beijos meu menino lindo!

EU SOU NEGUINHA disse...

Menino...vc arrasa em seus posts.
Beijos

rívea duarte disse...

São os ciclos da vida, Leo! Cheguei aqui através da querida Cáh Morandi e voltarei sempre, adorei!

Até breve . .. Um beijo!
,)

MJCorrea disse...

Morri
quando saí daqui.
Nasci
quando voltei pra ti
Saudades.