Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol...


sábado, 13 de março de 2010

Diálogo II

.

Ela: Sou um castelo de areia na beira do mar.

Ele: Sou o mar.

Ela: Queres me destruir?

Ele: Não, quero te levar pra mim.

*

Leo&Marie

9 comentários:

Renata Bezerra disse...

Lindo, leve, inspirador!!!

Se deixar ir é a própria expressão do amor. Sem destruição. Fazer parte.

Beijo.

Naty Araújo disse...

Aiii, Leo... que show!
Destruiu corações isso.

Lindo e encantador com um toque de mistério.

Também sou sua fã e posso ousar dizendo que a número 1.

E não venha falar do meu time não, viu? rsrs.
Cada um na sua opção kkkk... Espelho!

Beijos doces coberto de encantamento.

Lilian disse...

Lindo!
Que as ondas sempre nos levem ao amor.
Beijo.

Denise Portes disse...

Lindo seu blog, gostaria que você fosse conhecer o meu www.odeliriodabruxa.blogspot.com
Um beijo
Denise

Naty Araújo disse...

Leo... tem um selo pra ti lá no meu blog, é o último no canto direito.
Veja lá... espero que goste e seja do seu agrado.

Bjos.

leonel disse...

Olá, Leo!

Vir aqui é sempre banhar-se de sentimentalidades. Não foi diferente ao ler este teu diálogo. Magnífico, amigo! Tu disseste em poucas palavras, o que o sentimento pode fazer com alguém. Avassalador!

Parabéns!

Abraço

Pipa. A que sonha. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pipa. A que sonha. disse...

E tão certo quanto o erro de ser castelo. É entregar-se à fúria dos mares, que por onde passam levam tudo. Não deixam nem as pegadas.


Tem ida. Mas não tem volta.


No mais, foi fasciante o vôo metafórico.

PS.: Te abraço com cuidado.

Natiii disse...

que deliciaaa, aiaia meu coração até serenou
beijo !!!